ENFOCANDO NA INFO QUANDO ACONTECE

Presidente do Chile oferece ajuda a mineiros presos na

China

Com Dialogo.com

AFP
Em Londres, o presidente do Chile, Sebastián Piñera, ofereceu ajuda à China                     para um recente acidente ocorrido em uma mina. Foto: AFP /CARL COURTEm Londres, o presidente do Chile, Sebastián Piñera, ofereceu ajuda à China para um recente acidente ocorrido em uma mina. Foto: AFP /CARL COURT

O presidente do Chile, Sebastián Piñera, iniciou uma viagem a Londres em 16 de outubro, e nessa ocasião ofereceu ajuda à China para um recente acidente ocorrido em uma mina dizendo que seu país havia aprendido uma lição com a própria crise em San José.

“Espero que os trabalhadores chineses que sofreram o acidente, e também os do Equador, consigam voltar à vida”, disse Piñera aos repórteres do lado de fora de seu hotel em Londres, onde chegou para dar início a uma série de visitas à Europa.

“E se pudermos ajudar de alguma forma, eles sabem que podem contar conosco”.

As tentativas de resgate já haviam sido postas em prática no sábado no centro da China, para libertar 16 mineiros presos sob a terra após um acidente em uma mina de carvão que matou 21 de seus companheiros. Enquanto isso, no Equador, quatro homens estavam presos em uma mina de ouro.

Piñera disse que seu país havia aprendido muito com o acidente que se transformou em tragédia, ocorrido na mina de San Jose, no norte do Chile, onde 33 mineiros ficaram presos durante dois meses até serem milagrosamente retirados com vida, esta semana.

“Temos muito a aprender com este acidente, e uma das lições é que precisamos ter muito mais cuidado e comprometimento com a segurança, com as vidas e com a saúde de nossos trabalhadores”, disse ele aos repórteres, acompanhado da esposa, Cecília Morel.

O presidente deve encontrar-se com o novo primeiro-ministro britânico, David Cameron – quem ele disse que é “muito bom para a Inglaterra” – e com a Rainha Elizabeth II, na segunda-feira, quando irá oferecer-lhes presentes, incluindo rochas da mina de San Jose.

“Estamos trazendo também a gratidão de todos os chilenos porque tivemos muita ajuda de nossos amigos de todo o mundo”, disse ele.

O presidente também tentará conseguir tempo para fazer algum turismo. Ele planejou uma visita do Museu Britânico, bem como ao memorial do premier Winston Churchill, que atuou no tempo da guerra, de quem Piñera disse ser um grande admirador.

A visita a Londres é o início de uma viagem à Europa que também incluirá Paris, onde Piñera encontrará o presidente Nicolas Sarkozy, e Berlim, onde manterá conversações com a chanceler Angela Merkel.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: