ENFOCANDO NA INFO QUANDO ACONTECE

Líbia vive 2o dia de combates perto da capital

Por Nick Carey

Do Swissinfo.com

TRÍPOLI (Reuters) – Os rebeldes enfrentaram as forças leais ao líder líbio Muammar Gaddafi pelo segundo dia seguido na cidade de Zawiyah, no domingo, trazendo a revolta contra o seu governo para poucos quilômetros da capital.

Um porta-voz dos rebeldes na cidade, disse que 13 rebeldes e civis foram mortos durante os confrontos de sábado, e que a principal estrada para a vizinha Tunísia, uma rota de abastecimento que manteve o país funcionando, apesar das sanções, foi fechada.

Zawiyah foi cenário de combates em fevereiro e março. As forças de Gaddafi abafaram aquela rebelião e usaram tratores para derrubar a mesquita central da cidade. Mas, no sábado, repórteres da Reuters disseram que os combates haviam recomeçado.

“A situação está ruim, muito ruim”, disse à Reuters um porta-voz dos rebeldes, que se identificou como Ibrahim, por telefone de Zawiyah, que fica a cerca de 50 km ao oeste de Trípoli.

“Intensos combates estão acontecendo agora. As brigadas pró-Gaddafi receberam reforços… Há muitos atiradores de elite nos telhados de edifícios e mesquitas. Eles são o maior perigo para os moradores”, disse.

“A estrada costeira que liga Trípoli à Tunísia está fechada”, afirmou. As brigadas estão controlando o lado leste da estrada, enquanto os revolucionários controlam o lado ocidental.

“Os combates de ontem deixaram 13 mártires, incluindo um menino de sete anos.”

Relatos de Zawiyah não puderam ser confirmados porque os repórteres não puderam chegar à cidade.

Autoridades em Trípoli dizem que não há combates intensos em Zawiyah, apenas pequenos grupos de combatentes que foram para lá, vindos de áreas ocupadas por rebeldes, para “criar problemas”.

BALANÇO DE FORÇAS

A derrota da revolta anterior em Zawiyah marcou o restabelecimento do controle de Gaddafi na região ocidental da Líbia depois das primeiras semanas de caos, quando a população do país árabe do Norte Africano se revoltou contra as suas quatro décadas de governo.

Três meses depois, o balanço de forças parece ter mudado, com Gaddafi sofrendo pressão por causa das sanções, deserções de integrantes da sua equipe e ataques aéreos da Otan, que têm atingido seu complexo na capital.

Os governos do Ocidente dizem acreditar que seja apenas uma questão de tempo até que o seu governo caia, enquanto os rebeldes estão gradativamente expandindo as áreas que controlam ar redor da cidade de Misrata.

Reuters

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Nuvem de tags

%d blogueiros gostam disto: